Conto para refletir: Um prato de sopa

Num restaurante tipo self-service, uma senhora de 75 anos pediu um prato de sopa e sentou-se à mesa. Como se esqueceu do pão, levantou-se, foi buscá-lo e voltou ao lugar onde estava sentada. Ao chegar à mesa, observou um homem negro diante do seu prato, a comer a sua sopa!
– Bem – pensou ela – isto é uma falta de respeito. Suponho que seja um homem pobre. Não direi nada, mas não vou fazer papel de parva.
Então, decidiu buscar outra colher, sentou-se em frente ao homem negro e, sem vacilar, meteu a colher no prato de sopa.
O homem e a mulher comeram a sopa juntos e quando acabaram, o homem levantou-se e pegou num prato de esparguete a bolonhesa e colocou-o diante da senhora.
Assim seguiram comendo pelo mesmo prato e em silêncio. Quando terminaram, levantaram-se para sair.
– Adeus – disse a senhora, amavelmente.
– Adeus – respondeu o homem negro, com um brilho nos olhos. Dava a impressão de alguém que se sentia feliz ter sido capaz de ajudar a alguém. E saiu, ficando a senhora a olhar para ele.
E nesse momento ela viu na mesa ao lado… um prato de sopa esquecido por alguém.

 

Agrupamento 342 de Vialonga

342 Logo Sede Virtual

Partilha este artigo:

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail