Celebração da Promessa do Lobito

O local representa a Rocha do Conselho, onde o Aquelá assume a presidência.
A vara Totem está colocada num lugar de destaque.
Todos os futuros lobitos esperam a sua chamada para tomarem a sua posição, em frente do altar.

Aquelá: Reparai, reparai bem, ó Lobitos, este encontro é, para nós, muito importante. Sabeis porquê?

Lobitos: Vamos ser mais…

Aquelá: Isso mesmo. Vamos admitir novos Lobitos na nossa Alcateia. E vós estais dispostos a recebê-los?

Lobitos: Sim, estamos.

O Guia mais antigo faz a chamada dos novos elementos.
À medida que o seu nome é pronunciado, os novos Lobitos respondem “À-LÁ-iii” e são levados pelo Guia do Bando que os conduz até Aquelá.

Balú: Que desejais desta Alcateia?

Lobitos: Queremos ser Lobitos.

Balú: Para quê?

Lobitos: Para melhor vivermos a Lei da Alcateia e, assim, sermos irmãos uns dos outros e mais amigos de Jesus.

Aquelá: Conheceis a Lei da Alcateia?

Lobitos: Sim, o Lobito escuta Aquelá, o Lobito não se escuta a si próprio.

Aquelá: E vós estais dispostos a obedecer?

Lobitos: Sim. Queremos cumprir a Lei.

Aquelá: Muito bem! Qual é então a vossa divisa?

Lobitos: Da melhor vontade.

Aquelá: Fazei então a vossa promessa.

De pé os novos Lobitos fazem o sinal escutista (saudação), diante do Totem sobre a Bandeira, e dizem a Aquelá:

Prometo, da melhor vontade:
– Ser amigo de Jesus, amando os outros;
– Respeitar a Lei da Alcateia;
– Praticar diariamente uma Boa Ação.

Assistente (segurando na mão um dos lenços): Recebei este lenço da cor do sol dourado, símbolo de Jesus Cristo nosso Amigo que nos ilumina e nos ajuda a crescer. Lembra-te sempre d’Ele e daquilo que prometeste, sendo fiel à boa acção de cada dia.

Lobitos: Ámen.

Em seguida impõe o lenço aos novos Lobitos. Neste momento avançam as Madrinhas/Padrinhos. Este, dispõe-se por trás do respectivo afilhado. Coloca a mão direita no ombro do afilhado e repete: (…)

Madrinha/Padrinho:
Em nome de Deus, Santa Maria, S. Jorge e S. Francisco de Assis, eu testemunho a tua promessa de Lobito, e prometo proteger-te como tal.
Coloca a boina na cabeça do Lobito e regressa ao seu lugar.

Aquelá (diz cumprimentando cada um dos novos Lobitos):
Desde este momento, fazeis parte da grande família dos Lobitos do CNE.

Aquelá: Porque Jesus gosta muito das crianças e pela alegria que sentimos neste dia, rezemos a nossa oração:

Oração do Lobito:
Divino Menino Jesus.
Nós Vos oferecemos inteiramente o nosso coração.
Enchei-o das Vossas virtudes,
E ensinai-nos a imitar-Vos.
Nós queremos seguir o Vosso exemplo
com toda a nossa boa vontade,
para assim, com a ajuda de Maria
nossa doce Mãe,
crescermos em graça e em idade.
Amen.

No final, todos regressam ao seu lugar.

 

Partilha este artigo:

Print Friendly, PDF & Email
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail