Celebração da Promessa do Explorador

Antes do início das Promessas, o Chefe de Agrupamento ou outro Chefe, faz uma breve introdução alusiva ou uma explicação sobre o acto que se vai realizar, dirigindo-se aos Escuteiros e à Assembleia, focando as etapas percorridas e a que se segue.
O Guia mais antigo do Grupo procede à chamada de modo nominal e individual.
Primeiro chama os Noviços e depois os Aspirantes.
Cada candidato, ao ouvir o seu nome, coloca-se de pé e responde em voz alta “Alerta” e depois coloca-se em sentido, diante do altar e faz o sinal Escutista (saudação), ao que o Chefe de Unidade corresponderá.
Aos Noviços, a Aquelá retira os lenços de Lobito aos que pertenceram à Alcateia.

Chefe: Que desejais?

Noviço / Aspirante: Ser Escuteiro do CNE.

Chefe: Como Escuteiros, estais dispostos a viver com os outros, a respeitar, a amar e a proteger a Natureza?

Noviço / Aspirante: Sim, estou.

Chefe: Sabendo que os exploradores e os heróis do Povo de Deus são o modelo para a vossa Secção, estais dispostos a viver segundo esse ideal, com coragem e dando na vida testemunho da Fé?

Noviço / Aspirante: Sim, estou.

Chefe: Prometeis cumprir sempre os Princípios e a Lei do Escuta?

Noviço / Aspirante: Sim, que Deus há-de ajudar-me.

Chefe: Qual a divisa que quereis viver?

Noviço / Aspirante: Sempre Alerta.

Chefe: Já pensastes bem no valor da promessa que ides fazer?

Noviço / Aspirante: Sim, pensei e quero ser Escuteiro.

Chefe: Confiando na vossa lealdade, podeis fazer a Promessa.

Neste momento, avançam as bandeiras e as madrinhas/ padrinhos. Estes dispõem-se por trás do respectivo afilhado. Os novos Escuteiros, perfilados, estendem a mão esquerda sobre as bandeiras e, fazendo o sinal Escutista (saudação), dizem:

Prometo, pela minha honra e com a graça de Deus, fazer todo o possível por:
– Cumprir os meus deveres para com Deus, a Igreja e a Pátria;
– Auxiliar o meu semelhante em todas as circunstâncias;
– Obedecer à Lei do Escuta

Assistente (segurando na mão um dos lenços): Recebe esta insígnia, de cor verde, símbolo da Natureza e da esperança que todos colocam em ti. Está “Sempre Alerta” e sê fiel ao teu compromisso.

Explorador: Ámen.

Impõe o lenço aos novos Exploradores.

Madrinha / Padrinho (coloca a mão direita no ombro do afilhado e repete): Em nome de Deus, Santa Maria, São Jorge e São Nun’Alvares Pereira eu testemunho a tua promessa de Escuteiro e prometo proteger-te como tal.

Os padrinhos regressam ao seu lugar.

Chefe: Reconheceis que o Movimento Escutista é uma fraternidade Mundial e que, ao entrardes para ela, vos tornais amigos e irmãos dos Escuteiros de todo o mundo?

Explorador: Sim reconheço.

Chefe: Pois bem, pela vossa fidelidade à Promessa, honrai sempre esta Fraternidade, vivendo como Jesus Cristo ensinou: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei”.

Chefe (Cumprimenta cada um dos novos Exploradores dizendo): Desde este momento, fazes parte da grande família dos Exploradores do CNE.

Oração do Escuta:
Senhor Jesus,
Ensinai-me a ser generoso,
A servir-Vos como Vós o mereceis,
A dar-me sem medida,
A combater sem cuidar das feridas,
A trabalhar sem procurar descanso,
A gastar-me sem esperar outra recompensa,
Senão saber que faço a vossa vontade Santa.

No final todos regressam ao seu lugar.

 

Partilha este artigo:

Print Friendly, PDF & Email
Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail